“Seu filho é confuso e tem problemas mentais. Não vamos deixá-lo vir mais à escola!”

Certo dia, Thomas Edison chegou em casa com um bilhete para sua mãe.

Ele disse, “meu professor me deu este papel para entregar apenas a você  mamãe.”

Os olhos da mãe lacrimejavam ao ler a carta e resolveu ler em voz alta para seu filho: “Seu filho é um gênio. Esta escola é muito pequena para ele e não tem professores ao seu nível. Por favor, ensine-o você mesma!”

Depois de muitos anos, Thomas Edison veio a se tornar um dos maiores inventores do século.

Após o falecimento de sua mãe, quando estava arrumando a casa viu um papel dobrado no canto de uma gaveta.

Para sua surpresa era a antiga carta que seu professor havia mandado a sua mãe porém o conteúdo era diferente do que sua mãe leu anos atrás e dizia: “Seu filho é confuso e tem problemas mentais. Não vamos deixá-lo vir mais à escola!”

Edison chorou durante horas e então escreveu em seu diário: “Thomas Edison era uma criança confusa, mas graças a uma mãe heroína e dedicada, tornou-se o gênio do século.”

Existem certos momentos da vida onde é necessário mudar o “conteúdo da carta” para que o objetivo seja alcançado…


Gostou? Deixe um comentário abaixo! Não se esqueça de compartilhar este post com seus amigos.