Eu pensei que eu estava seguro em meu emprego e não estava, fui dispensado, o que aconteceu? Ouvi este desabafo de um funcionário dispensado após 18 anos de trabalho, na mesma empresa.

Perguntei para muitos patrões, muitos chefes, muitos executivos por que eles dispensam uma pessoa que estava tão segura.  Veja seis razões que eles me deram:


1ª) Arrogância. A pessoa perde a noção de seu lugar e começa a tratar mal outras pessoas;

2ª) Achar-se indispensável. A pessoa se acha tão indispensável, que acaba sendo dispensável. Ela acredita que sem ela, a empresa não sobreviverá;

3ª.) Fazer-se de ocupada. A pessoa que começa se fazer de muito ocupada é porque perdeu a noção de que ela não é, por certo, a pessoa mais ocupada do mundo;

4ª.) Não participar de cursos, treinamentos, palestras que a empresa promove. Ela acha que não precisa de nada disso;

5ª.) Cumprir rigorosamente o horário. Nem um minuto a mais, nem um minuto a menos. São verdadeiro robôs. Pessoas que não andam o quilômetro extra;

6ª.)  Segurar informações vitais para o trabalho dos seus colegas e não colaborar. Pense se você não está se sentindo seguro demais em seu emprego.

Acabe com a arrogância, com o ser o dono da verdade. Participe. Seja amigo(a), Comprometa-se. Faça tudo com atenção aos detalhes e termine tudo o que começar.

Só assim que você vai estar realmente seguro.

Autor: Prof. Marins

Gostou? Deixe um comentário abaixo! Não se esqueça de compartilhar este post com seus amigos.